[email protected]



Portal P2

Portal P2


    Se estivesse no ar, Rádio Cruzeiro AM de Pedro II faria 32 anos de existência

Um marco radiofônico no município de Pedro II foi à fundação da Rádio Cruzeiro AM na década de 1980. Com uma grande festa em frente a sua sede, foi inaugurada no dia 15 de julho de 1988, a Rádio Cruzeiro AM 1460 KHz.

Em sua inauguração, a artista principal que abrilhantou a festa foi a cantora Eliane, estrela do forró que na época esta em auge em sua carreira artista, fazendo sucesso em todo o Brasil.

A família Nogueira Lima, proprietária da emissora trouxe de Luzilândia o radialista Ciades Alves para ser diretor geral da nova empresa radiofônica.

Grandes nomes da radiodifusão sonora passaram nos microfones da primeira rádio de Pedro II como o próprio Ciades Alves(in memoriam), Eucliades Alves, Raimundo Uchôa (in memoriam), a colunista social Marlene Rodrigues, Hosana Bezerra, Silva Lopes, Sales Neto, Robério Mendes, José Francisco, Beto Campos e Romilso Lima. Antes de sair do ar no mês de março deste ano estava no ar o Luis Pinheiro “O Pintado”, cantor Brito, Antônio Francisco “O cabecinha”, Gilmar Barroso, Nilton Oliveira, Edinardo Pinto e não esquecendo da dupla José Nilton e Balinha com seu esportivo "Bola no Ar".

 

A EMPRESA RÁDIO CRUZEIRO

 

Embora tenha sido inaugurada em 1988, o registro da empresa Rádio Cruzeiro de Pedro II Ltda na Junta Comercial é de 5 de setembro de 1984, ou seja, quase 4 anos da emissora ir ao ar.

 

Havia uma informação especulativa que 50% da sociedade da empresa tinham como societária a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Entretanto, as documentações pré-existentes só constam os membros da tradicional família politica Nogueira Lima. A Igreja Católica local quando estavam sob a administração dos padres alemães, detinham a programação do horário nobre da emissora com seus programas "Despertar para a Vida" exibida ao meio-dia.

Por muitos anos, o Rádio Cruzeiro tinha uma unidade móvel de transmissão dentro de uma Kombi, muito utilizados para as transmissões de inaugurações na gestão do então Prefeito Nogueira Filho (1989/1992) e demais eventos.

Embora que o prefixo de encerramento gravado na voz de Ciades Alves dando contata da localização dos transmissores no “bairro Manoel Nogueira Lima” de fato esse bairro nunca existiu. A localização da torre ficava na localidade Lajinhas, margeada pela a estrada que dá acesso ao Buriti Grande dos Aquiles. O som era feito por meio de cabo telefônico entre o estúdio e a casa dos transmissores. Assim, nos períodos políticos, a rádio sofria com o vandalismo de corte de seu cabo, deixando a emissora por inúmeras vezes fora do ar.

 

Tradicionalmente, a política local do Século XX caracterizava pela sua geolocalização. A família Mourão e Brandão que residência no eixo da Praça Domingos Mourão (Praça da Matriz) eram caracterizada como o “Partido de Baixo”. Cabia a família Nogueira Lima a denominação de “Partido de cima”, por está situada em direção a nascente. A sede com o estúdio principal da Rádio Cruzeiro AM foi erguida exatamente no espaço político.

 

SAINDO DO AR PARA SEMPRE

Assim foi a despedida da Rádio Cruzeiro de Pedro II por meio de uma vinheta na voz de Gilmar Barroso, informava para o seu público ouvinte a noticia do encerramento de suas operações:

 “... em virtude de migração de AM para FM, de uma reforma no prédio e principalmente da venda da emissora para o Grupo Cidade Verde, a Rádio Cruzeiro AM de Pedro II, a pioneira da cidade, estará nesta quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 ao meio-dia desligando para sempre, os seus equipamentos” dizia a nota vinheta.

 

Conforme apurou o Portal Rede 1, todo acervo como fitas cassetes, discos de vinis, toca-discos e outros equipamentos está sendo destinado para o Casarão da Família Nogueira Lima, situado a poucos metros da extinta Rádio Cruzeiro AM 640 KHz.

 

Fonte: Portal Rede 1. 

Comentários

Deixe o seu comentário


PEDRO II, PI, BRA - 27/09/2020
°

Fonte: Accuweather atualizado às 01:49:28